O candidato escorregadio

tira01

Durante os processos seletivos, encontramos uma infinidade de candidatos, e alguns tipos, tornam-se mais recorrentes e por consequência marcantes. O tipo escorregadio de candidato, quase sempre se faz presente.

Caracteriza-se, durante as entrevistas, por respostas neutras, superficiais e que pouco dizem sobre ele e/ou suas experiências. Durante todo o processo de seleção, seu objetivo principal é não se comprometer, age como se buscando no entrevistador algum sinal para a resposta ideal. Muitas vezes, quando pensa que o encontrou a verbaliza sem medo: “O mais importante para mim são as pessoas”. “Busco sempre resultados”. “Visto a camisa, sou empresa”. “Meu principal defeito é que sou muito exigente.”

O mais difícil para este tipo candidato, é ele perceber que os chavões, somente o afastam do sucesso em qualquer processo seletivo bem conduzido. É impossível avaliar um candidato escorregadio, a única constatação que o entrevistador pode chegar é que o candidato não quer se mostrar. O que normalmente acompanha esta constatação, é que não deverá ser adequado para a vaga em questão.

A honestidade em um processo seletivo é fundamental. Obviamente, não estamos orientando o candidato, andar com o coração na mão, mas alcançar um nível de comunicação claro, objetivo e o mais aprofundado possível com todos os envolvidos na oportunidade em questão. Avaliadores e gestores devem ser compreendidos como facilitadores para a entrada na empresa, não como obstáculos a serem envolvidos.